Podem impactar na saúde como um todo!
Tireoide pode Doer? Sim, pode doer.

tireoide

Felizmente, as doenças que causam dor na tireoide são pouco prevalentes. A mais comum delas é a tireoidite subaguda, que acomete cerca de 12 pessoas em cada 100.000 por ano, a maioria mulheres (até cinco para cada homem).

Aparentemente, a tireoidite subaguda tem relação com infecções virais. Muitos pacientes relatam história de sintomas respiratórios duas a oito semanas antes do início do quadro.
A dor ocorre na região anterior do pescoço e pode ser intensa. Algumas vezes, irradia para o tórax, região superior do pescoço, garganta, mandíbula e ouvidos. Por isso, às vezes, o otorrino acaba sendo consultado antes do endocrinologista.

Sintomas como febre, mal estar, perda do apetite, fadiga e dores musculares também são comuns. Além dos sintomas dolorosos, cerca de metade dos pacientes também apresenta sintomas de hipertireoidismo – tremor, taquicardia, palpitações, perda de peso involuntária.

O diagnóstico é feito através do exame clínico e de alguns exames laboratoriais. Em alguns casos, o ultrassom e a cintilografia da tireoide também são necessárias. Outras doenças, bem menos frequentes, que também são causa de dor ou desconforto na tireoide são: tireoidite pós iodo, tireoidite traumática (após lesão mecânica da tireoide), necrose de nódulos, raros casos de câncer ou linfoma de tireoide e tireoidite aguda (causado por infecção bacteriana ou fúngica).

A tireoidite subaguda tem curso autolimitado, isto é, costuma melhorar espontaneamente sem deixar sequelas, dentro de 4 a 8 meses. Durante este período, o médico endocrinologista prescreve medicamentos para alívio dos sintomas: anti-inflamatórios ou corticoides para a dor e betabloqueadores para os sintomas de hipertireoidismo.

Podem impactar na saúde como um todo!
Tireoide pode Doer? Sim, pode doer.

tireoide

Felizmente, as doenças que causam dor na tireoide são pouco prevalentes. A mais comum delas é a tireoidite subaguda, que acomete cerca de 12 pessoas em cada 100.000 por ano, a maioria mulheres (até cinco para cada homem).

Aparentemente, a tireoidite subaguda tem relação com infecções virais. Muitos pacientes relatam história de sintomas respiratórios duas a oito semanas antes do início do quadro.
A dor ocorre na região anterior do pescoço e pode ser intensa. Algumas vezes, irradia para o tórax, região superior do pescoço, garganta, mandíbula e ouvidos. Por isso, às vezes, o otorrino acaba sendo consultado antes do endocrinologista.

Sintomas como febre, mal estar, perda do apetite, fadiga e dores musculares também são comuns. Além dos sintomas dolorosos, cerca de metade dos pacientes também apresenta sintomas de hipertireoidismo – tremor, taquicardia, palpitações, perda de peso involuntária.

O diagnóstico é feito através do exame clínico e de alguns exames laboratoriais. Em alguns casos, o ultrassom e a cintilografia da tireoide também são necessárias. Outras doenças, bem menos frequentes, que também são causa de dor ou desconforto na tireoide são: tireoidite pós iodo, tireoidite traumática (após lesão mecânica da tireoide), necrose de nódulos, raros casos de câncer ou linfoma de tireoide e tireoidite aguda (causado por infecção bacteriana ou fúngica).

A tireoidite subaguda tem curso autolimitado, isto é, costuma melhorar espontaneamente sem deixar sequelas, dentro de 4 a 8 meses. Durante este período, o médico endocrinologista prescreve medicamentos para alívio dos sintomas: anti-inflamatórios ou corticoides para a dor e betabloqueadores para os sintomas de hipertireoidismo.

ARTIGOS

Mais Artigos

ARTIGOS

Mais Artigos

Pré-agendamento 24hs pelo formulário abaixo Telefones: (48)98465-9359 | agendar consulta whatsapp 30 Agende pelo whatsapp – clique aqui

    Nome:

    Telefone:

    E-mail:

    .

    Somente Particular

    Pré-agendamento 24hs pelo formulário abaixo agendar consulta whatsapp 30 Agende pelo whatsapp – clique aqui Somente Particular

      Nome:

      Telefone:

      E-mail:

      .

      LOCALIZAÇÃO

      CENTRO MÉDICO EDUARDO FRAGA Rua São Jorge, 243 – Centro, Florianópolis/SC.

      whatsapp 30(48)98465-9359 Horário de Funcionamento: 2ª a 6ª de 8 às 18hs – Localização no mapaendocrinologista florianopolis - localizacao

      melhor endocrinologista de florianópolis
      melhor endocrinologista de florianopolis

      LOCALIZAÇÃO E CONTATO

      endocrinologista em florianópolis SC

      CENTRO MÉDICO EDUARDO FRAGA Rua São Jorge, 243 – Centro, Florianópolis – SC.

      Telefone/Whatsapp | endocrino floripa(48)98465-9359 Horário de Funcionamento: 2ª a 6ª de 8 às 18hs – Localização no mapaendocrinologista florianopolis - localizacao